18/09/2015

O amor preenche o vazio, estende a alma a outra frequência e esvazia a infelicidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário