04/08/2014

Não há mais hipóteses legítimas do que duas quando falamos de realizações: ou damos tudo por uma conquista, ou desistimos dela à partida.

Sem comentários:

Enviar um comentário