20/05/2014

Acreditar veemente na sorte é entregar-se ao acaso. A sorte nem sequer existe. 

Sem comentários:

Enviar um comentário