15/11/2013

Temos que decidir com o nosso livre-arbítrio se queremos causar efeitos tristes ou efeitos felizes. Está nas nossas mãos...
Fernando Alvarado

Sem comentários:

Enviar um comentário