20/04/2013

Quando vibrarmos de forma totalmente diferente ao passado, a mudança irromperá sem pedir licença.

Sem comentários:

Enviar um comentário